DIGITE SUA PERGUNTA AQUI,ASSUNTOS DESTE BLOG

siga-me no face

chuva de verão


Ouvindo a chuva - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

Seguidores

ÓÓH, TI LINDO!!! VC TA MI SEGUINO, VÔ TI SEGUI TAMÉM..

ÓÓH, TI LINDO!!! VC TA MI SEGUINO, VÔ TI SEGUI TAMÉM..
As fotos apresentadas, salvo indicação em contrário, são retiradas da net

após beber refrigerante

após beber refrigerante

CHA DE AMORA

Importante:
Disponibilizo aqui apenas uma orientação, prática e fácil, àqueles que desejam utilizar de plantas e ervas que estão a disposição de todos.
Portanto, o conteúdo que aparece no vidasimplesenatural NÃO oferece uma alternativa segura contra doenças, são apenas de caráter informativo ou complementar. Sempre procure um médico.

A folha da Amora Miúra e famosa por ser muito nutritiva. Ela Possui 22 vezes mais cálcio que o leite, além de conter mais potássio, magnésio e ferro natural, proteína, fibra, zinco e levedura.
Nas crianças fortalece a memória, tem ferro e cálcio natural (misture o chá a um pouco de suco de uva concentrado ou outros sabores).
Recomendado para mulheres em menopausa, visando amenizar o climatério, restabelecer a libido e a lubrificação.
O CHÁ DE AMORA , difere de um remédio, sendo alimento natural. Use esse chá, intercalando o consumo com água de hora em hora e os resultados irão aparecer em poucos dias. O tratamento recomendado é por um período MÍNIMO de 90 dias, devendo qualquer pessoa, manter na sua receita alimentar diária o consumo desse chá, a exemplo das tradições asiáticas que nos brindaram esse saudável hábito.
Benefícios: Traduzido dos laudos japoneses.
A eficácia testada e aprovada do Chá de Amora Miura se deu primeiramente pelo Ministério da Saúde do Japão, vindo a ser divulgado pelo Canal de Tv Japonesa NHK, após analisadas as amostras das folhas da Amora Miura, pôde-se se comprovar através de estudos que realmente ele tem efeitos poderosos para controle e prevenção sobre:
 DIABETES: - Possui a DNJ, Inibidora da Taxa de Glicose com a liberação Natural de insulina;
 RINS E FÍGADO: Melhora do funcionamento do Fígado e dos Rins, inibindo o acúmulo de gordura e colesterol nestes orgãos;
 OSTEOPOROSE: Ele Possui 22 vezes mais cálcio que o leite, além de conter mais potássio, magnésio e ferro natural, proteína, fibra, zinco e levedura;
 OBESIDADE: Inibi o acúmulo de gordura no corpo e aumenta o volume de gordura eliminada, inibindo principalmente o acúmulo de gordura nas vísceras, e evitando assim a obesidade;
CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA: Através de Melhoria das taxas de colesterol e gorduras neutras no sangue;
 HIPERTENSÃO: Efeito de normalização e de inibição de elevação arterial, por possuir o ácido y-aminobutírico (GABA) um hipotensor
 REGULADOR HORMONAL (MENOPAUSA): Regula os hormônios atuando com eficácia nos sintomas da menopausa;

IMUNIZAÇÃO AO CÂNCER: Segundo estudos e experiências as folhas da Amora Miura tem propriedades que inibem o aparecimento/surgimento do Câncer;
 REGULADOR DOS INTESTINOS: Por possuir grande quantidade de fibras alimentares, e outras propriedades facilitando o trânsito intestinal e melhora da prisão de ventre. Ainda diminui os bacilos nocivos sem afetar o benéficos, mantendo a flora intestinal em boas condições.
EFEITO BACTERICIDA: Estudos revelam que o Chá de Amora Miura tem efeito de inibir a proliferação de fungos, bem como efeitos bactericida/antiinflamatórios;
 CALVÍCIE: Além das propriedades apresentadas acima o Chá de Amora Miura, auxilia o tratamento e prevenção à Calvície, revitalizando a circulação no couro cabeludo, rejuvenescendo os fios, inibindo progressivamente a queda dos cabelos.


¨ TODOS ESSES DADOS FORAM RETIRADOS DE PESQUISAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE JAPONESA

Como Preparar o Chá de Amora Miura:
Colocar o conteúdo de 1 pacote (15g) em 02Lt. De água fria e deixar ferver por aproximadamente 12 a 15 minutos, depois é só coar e tomar da forma que quiser, quente - morno - ou frio (para conservar melhor o chá, coloque-o na geladeira e consuma em até 03 dias).
O Tratamento indicado é de 90 dias inicialmente para que se sinta os reais efeitos do Chá de Amora Miura, porém há pessoas que com apenas 10 dias já sentiram os benefícios do chá em seu organismo.


* Lembre-se: Substitua a água pelo Chá de Amora , para que se sintam os efeitos rapidamente; O Chá de Amora não possui contra-indicações podendo ser tomado o quanto quiser; Para perda de peso o ideal que seja auxiliado por uma simples dieta, para efeitos mais rápidos.
Foram veiculados na TV japonesa os efeitos benéficos do Chá da folha da Amora  para o controle da Diabetes em outubro de 2004. Laudos da sua eficácia foram emitidos pelo Ministério da Saúde no Japão.


Segundo estudos, o chá de amora tem ação: sedativa, expectorante, refrescante,




emoliente, calmante, diurética, antidiabético, antiinflamatória, tônica, inapetência, prisão de ventre, inflamação da boca, febre, diabetes, dermatoses, eczema, erupções cutâneas.


É conhecida como a planta REGULADORA DOS HORMÔNIOS por isso atua com bastante eficácia nos sintomas da menopausa: ressecamento da vagina, irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e das articulações, calores e algumas vezes suores frio, dor de cabeça, diminuição da libido,


dificuldades para dormir, depressão, problemas urinários. É ainda planta anti-cancerígena, no combate a osteoporose, como tônico muscular nas práticas desportivas, por possuir alto teor de potássio.


Depurativa do sangue, anti-séptica, vermífuga, digestiva, calmante, diurética, laxativa, refrescante, adstringente e muito útil nos problemas da tireóide. Possui poderosas propriedades anti-oxidantes por sua combinação de vitaminas C com E contribuindo assim para o rejuvenescimentos e beleza da pele. A amora ajuda a prevenir infecção


urinária, reduzir o risco de úlcera e câncer no estômago. Os japoneses substituem a água por chá de amora, talvez aí esteja o segredo da longevidade e saúde.


Foi divulgado na TV Japonesa NHK, em outubro de 2004, os benefícios do Chá de Folha de Amora Miura no controle da doença do diabetes, O Japonês radicado no Vale do São Francisco, Mamoro Yamamoto em sua fazenda cultivou essa planta que se adaptou bem ao solo e clima do Nordeste Brasileiro, com a intensidade do sol a planta concentra mais ainda os nutrientes benéficos. No Japão, esta variedade de Amoreira é utilizada para a alimentação do Bicho da seda em seus primeiro dias de vida que nasce com 2mm e até completar 15mm é alimentado com a folha de Amora Miura, somente após esta idade é que o Bicho da Seda recebe um tipo de alimento, funcionando a folha de Amora Miura como se fosse o leite materno nos humanos.


Conheça o Sr. Mamoru Yamamoto


Informações retiradas do site do Senhor MamoruYamamoto


veja tbem videos dele no you tube.CHÁ DE AMORA MIÚRA


Preparação e consumo.





Diante das freqüentes solicitações, resolvemos a título de informações, postar aqui algumas orientações para consumo do chá de Amora Miúra.

Despejar um pacotinho (12 gramas) de folhas de Amora Miúra Yamamoto em 1,5 litro de água ainda fria e deixar ferver por 10 minutos. Em seguida aconselhamos coar para evitar mais reações. Depois pode servir-se naturalmente, quente ou gelado durante o dia em quantidades de 180/200 ml a cada hora, intercalando com água na mesma proporção, sendo uma hora chá e outra água natural. O chá deve ser consumido no mesmo dia!



Atenção:

Para melhores resultados com mais economia, inicie o tratamento com dosagem menor, aumentando de forma gradativa, conforme sugestão abaixo:

- 1ª Semana = Metade do pacotinho (6 gramas), ferver 5 minutos (2 lt água).

- 2ª Semana = Metade do pacotinho (6 gramas), ferver 10 minutos (2 lt água).

- 3ª Semana = Metade do pacotinho (6 gramas), ferver 5 minutos (1,5 lt água).

- 4ª Semana = Interromper o consumo do chá, substituir por água (hora em hora).

- 5ª Semana = Metade do pacotinho (6 gramas), ferver 10 minutos (1,5 lt água).

- 6ª Semana = Usar o pacotinho de 12 gramas, ferver 5 minutos (2 lt água).

- 7ª Semana = Usar o pacotinho de 12 gramas, ferver 10 minutos (2 lt água).

- 8ª Semana = Interromper o consumo do chá, substituir por água (hora em hora).

- 9ª Semana = Usar o pacotinho de 12 gramas, ferver 5 minutos (1,5 lt água).

-10º Semana = Usar o pacotinho de 12 gramas, ferver 10 minutos (1,5 lt água).

-11ª Semana = Interromper o consumo do chá, substituir por água (hora em hora).

-12ª Semana = Seu organismo já está pronto para seguir a receita divulgada…



Recomendamos a aquisição mínima de um “Kit 6” com 6 caixas de 60g = 360g para um período de 30 dias, prevendo o consumo de 12 gramas por dia, sendo o equivalente a 1,5 litro de chá por dia, devendo ter em paralelo o mesmo conteúdo em consumo de água.



No Tratamento do Diabetes, deve-se manter a insulina conforme a orientação médica.

- Pessoas com até 70 Kg, fazer o chá com 12g de folhas de amora miúra ao dia;

- Pessoas com mais de 80 Kg, fazer o chá com 18g de folhas de amora miúra ao dia;

- Pessoas com mais de 100 Kg, fazer o chá com 24g de folhas de amora miúra ao dia.



Nas crianças, o ferro e cálcio natural, fortalecem a memória. O chá de Amora Miúra pode ser misturado com sucos concentrados, como o de uva e outros sabores naturais.

É comum aparecer resultados, somente após alguns meses de uso continuo, por tratar-se de suplemento alimentar que difere de medicamentos e é isento de efeitos colaterais, atuando principalmente no equilíbrio hormonal, fazendo uma lenta regeneração do organismo. No entanto, algumas pessoas percebem os efeitos de imediato, principalmente as mulheres em TPM.







O Chá de Amora Miúra, possui 22 vezes mais cálcio que o leite de vaca, além de conter mais potássio, magnésio e ferro natural, proteína, fibra, zinco e levedura.



Nosso lema é servir, sendo a venda uma conseqüência. Assim, sinta-se a vontade para retornar sempre que precisar de mais esclarecimentos.

Abraços




conheça tambem a pitangueira

Pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) constataram que chá com folhas de pitangueira é eficiente analgésico e antiinflamatório. A pesquisa está sendo realizada por Adair Roberto Soares dos Santos, professor do Departamento de Ciências Fisiológicas do Centro de Ciências Biológicas daquela universidade. Sua equipe descobriu uma grande concentração de miricitrina, uma espécie de flavanóide ainda pouco estudada, à qual atribuem, em grande parte, os efeitos benéficos da planta. Para a população da capital catarinense, a descoberta não é novidade, pois a pesquisa inspirou-se justamente no hábito da população local de consumir o chá como calmante. O que os pesquisadores buscaram foi a comprovação científica do efeito. A pesquisa envolveu professores dos Departamentos de Química, Bioquímica, Ciências Fisiológicas e Farmacologia da UFSC.

A pitangueira (Eugenia uniflora L.) é uma planta muito rica. Suas folhas são usadas no tratamento de febre, doenças estomacais, hipertensão, obesidade, reumatismo, bronquite, doenças cardiovasculares e reidratação nos casos de diarréia. Tem ação antioxidante, calmante, antiinflamatória e diurética.
Na composição da pitanga, destacam-se as antocianinas, pigmentos antioxidantes; os carotenóides, importantes na prevenção de doenças degenerativas, como doença arterial coronária, catarata e câncer; e os fenóis, que funcionam como antiinflamatórios celulares. Algumas dessa substâncias atuam sobre o câncer, protegendo o DNA celular contra mutações com possibilidade de levar à formação de um câncer.
A pitanga tem vitaminas e substâncias químicas em sua composição que proporcionam efeitos benéficos à saúde, melhorando a defesa do organismo contra microorganismos e também contra a ação de radicais livres. Suas folhas têm componentes que atuam como fármacos, diminuindo a pressão arterial e aumentando a diurese.
O extrato da folha da pitangueira atua contra o Trypanosoma congolense (doença do sono) e tem ação moderada contra o Staphylococcus aureus e o Escherichia coli.
Para fazer o chá da pitangueira, coloque dez folhas bem lavadas em meio litro de água e leve ao fogo. Quando ferver, desligue. Tome ao longo do dia.
Algumas informações foram retiradas de:

http://www.premioreportagem.org.br/article.sub?docId=26290&c=Brasil&cRef=Brazil&year=2008&date=setembro%202007
Pitanga. Só de olhar dá vontade de saborear. A pitanga, espécie nativa da Mata Atlântica, tem em seu nome origem tupi-guarani - "pyrang" que significa “vermelha”. A fruta carnosa e aquosa, de cor vermelha (mais comum), amarela ou preta, tem sabor agridoce e já era apreciada pelos indígenas, bem como pelos primeiros colonizadores do Brasil.

Pertencente a família botânica das Myrtaceae, a pitanga (Eugenia uniflora L.) é uma das mais importantes frutas nativas da Mata Atlântica com grandes potencialidades para o cultivo comercial. De seus frutos, que contém vitaminas A, C, do complexo B, cálcio, ferro e fósforo, além do consumo in natura, podem ser obtidos sucos, sorvetes, geléias, doces, licores e vinhos. Além desses usos, mais comuns, algumas indústrias de cosméticos já têm utilizado seu extrato para a fabricação de sabonetes e shampoos.
As folhas da pitangueira contém o alcalóide denominado pitanguina (sucedâneo de quinino); bastante utilizada na medicina popular através de chás, indicada contra diarréias persistentes, contra afecções do fígado, em gargarejos nas infecções da garganta, contra reumatismos e gota. Tem ação calmante, antiinflamatória, diurética, combate a obesidade e também possui atividade antioxidante.
A pitangueira é uma espécie de ampla distribuição geográfica natural ocupando regiões de clima tropical e subtropical, indo de Minas Gerais até o Rio Grande do Sul.
Atualmente as plantações comerciais significativas da fruta estão no nordeste brasileiro, onde o estado que se destaca é Pernambuco.
A pitanga é indicada para recuperação de áreas degradadas e também na implantação de sistemas agroflorestais, além de possuir boa potencialidade para consumo e processamento da polpa, é atrativa principalmente a avifauna, tornando-se uma espécie chave para indução na regeneração natural de florestas. Também é utilizada como espécie ornamental em muitas cidades brasileiras.
A pitanga, assim como outras dezenas de frutas nativas da Mata Atlântica, são pouco consumidas quando comparada a frutas exóticas (maçã, pêra, laranja, ameixa, etc). Cabe salientar que as nossas espécies frutíferas nativas são incomparáveis quanto a sabor e teor de vitaminas. A Apremavi tem um trabalho que tem por objetivo promover o resgate dessas espécies, através da produção de mudas, plantio e divulgação de suas potencialidades.
Pitanga
Nome científico: Eugenia uniflora L.
Família: Myrtaceae
Utilização: Madeira utilizada para a fabricação de cabo de ferramentas e outros componentes agrícolas. Seus frutos são comestíveis e servem de alimento para diversas espécies de aves.
Época de coleta de sementes: Junho a janeiro.
Coleta de sementes: Diretamente da árvore quando começar a queda espontânea dos frutos ou recolhê-los do chão.
Fruto: Vermelho, laranja ou roxo, arredondado, contendo uma semente por fruto, possuindo aproximadamente 1,5 cm. de diâmetro.
Flor: Branca.
Crescimento da muda: Médio.
Germinação: Normal.
Plantio: Mata ciliar, área aberta.
Abaixo algumas dicas de receitas com Pitanga
Licor de Pitanga
Ingredientes
1 e ½ litros de água filtrada
1 quilo de pitangas maduras
1 quilo de açúcar
1 litro de álcool 40
Modo de Preparo
Colocar numa vasilha de vidro, o álcool, o açúcar e as pitangas, deixando por um espaço de 4 dias, tendo porém, a precaução de mexer com uma colher de pau duas vezes ao dia. Passado esse tempo, misturar 1 e ½ litros de água filtrada, e, em seguida, filtrar e engarrafar. Este licor deve ser feito em vasilhame de vidro, louça ou cristal.
Geléia de Pitanga
Ingredientes
1 litro de pitangas
1/2 litro de água
Açúcar
Modo de Preparo


Retire o caroço da pitanga e ferva com água.


Retire do fogo e passe na peneira sem a água, junte o açúcar no mesmo peso da pitanga.


Cozinhe até dar o ponto.



18 comentários:

  1. Eu vejo resultados visiveis na minha mãe e na minha tia após a utilização do chá. podem acreditar....

    ResponderExcluir
  2. ola mim ajuda esmgreçer amiga tenho cento e um kilos;

    ResponderExcluir
  3. Ola Sueli desculpe a demora
    para emagrecer com sucesso basta
    seguir este video sem erro, e seja feliz
    http://youtu.be/u4VBQE1sNfM

    ResponderExcluir
  4. Ola Sueli desculpe a demora
    para emagrecer com sucesso basta
    seguir este video sem erro, e seja feliz
    http://youtu.be/u4VBQE1sNfM

    ResponderExcluir
  5. ola onde encontro pra compra esse cha
    aguem sabe

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo bem? O chá de amora tem comprovação científica de seus efeitos benéficos, em especial para mulheres na menopausa, e não apresenta efeitos tóxicos na quantidade indicada. Ver os links para os trabalhos científicos na página:

    http://www.noticiasnaturais.com/2014/01/o-milagre-do-cha-de-folhas-de-amoras/

    ResponderExcluir
  7. O chá de PITANGA é muito bom para febres e gripe, mas NÃO pode ser usado por grávidas porque é altamente abortivo.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Boa noite, eu fiz o chá com a folha mesmo, não comprei o industrializado!
    E já procurei em mil lugares e não acho explicando como fazer ele com a folha e nem como armazenar as que sobraram.
    Você sabe me informar?

    Obrigada.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também uso a folha da amoreira que tenho em casa. Deixo secar as folhas ao sol e guardo num pote fechado. Dura um tempao.

      Excluir
  9. olá existe alguma contra indicação para o uso diário desse chá para homens?

    ResponderExcluir
  10. olá existe alguma contra indicação para o uso diário desse chá para homens?

    ResponderExcluir

Postagens populares

oferecido por Bianca

oferecido por Bianca